24
Abr 09

Sai da escola, no portão estavam os amigos de sempre, em circulo, um deles o que conheciamos melhor, tinha a sapatilha na mão, adivinha? O jogo do custume. Não me podia juntar ao grupo, estava com pressa, estavas a minha espera... Estranhei uma pessoa no grupo, uma loira, estava de costas, mas era nova la... Não liguei muito, no dia seguinte perguntava as novidades aos outros, estava com pressa, estavas a minha espera...

Deixei para traz o grupo, e fui andando para casa, levava um avanço consideravel, mas dei por mim a ser ultrapassada pela tal loira que estava no portão junto com os outros... Não liguei, deixeia passar a frente, que me importava?? Tu estavas a minha espera...

 

Rodei a chave na fechadura, a fechadura não abria... A loira veio abrir-me a porta...

 

Apesar de tudo, eu sei que foi um sonho, mas sei que era a minha espera que estavas, e é a minha espera que vais estar sempre...

publicado por Trapalhada do costume às 21:16

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
25

26
27
28
29


arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO